domingo, 9 de julho de 2017

CAMINHADA NOTURNA TROPA SÊNIOR

Na madrugada do dia 09 de julho a Tropa Sênior Tsunami realizou Jornada Noturna, com saída às 2:30 h, quando se dirigiram até a Sede do G.E. Tupã, onde a Tropa Escoteira estava acantonada, para surpreenderem os escoteiros Bárbara, Patrícia e Marcos que irão acompanhá-los na caminhada até o amanhecer e fazer a passagem para o Ramo Sênior.
A atividade que se estendeu pela madrugada, após acompanharem o nascer do sol com um momento espiritual, prepararam o café da manhã e seguiram para o local do almoço (com comida mateira), na Linha São Vendelino, onde as atividades se estenderam ao longo do dia.
Certamente foi mais um dia INESQUECÍVEL para os integrantes da Tropa, agora com três novos membros.
PARABÉNS!










sábado, 8 de julho de 2017

FESTIVAL DA PIZZA

A Tropa Escoteira do G.E. Tupã esteve em atividade de Acantonamento nos últimos dias 08 e 09 de julho onde, além de outras atividades como caminhada do Pôr do Sol e cineminha, foi realizado o Festival da Pizza, que consistia em cada Patrulha levar seus ingredientes, utensílios e montar as suas pizzas, sendo uma "artística com motivo escoteiro" que deveria ser socializado com a Tropa.
A galera usou seus dotes culinários e artísticos e colocou a mão na massa, e o resultado além de delicioso ficou bastante criativo!!!











quarta-feira, 28 de junho de 2017

MUTECO 2017 - COZINHA SUSTENTÁVEL


No Brasil, anualmente, são desperdiçadas 41 mil toneladas de alimentos, segundo a World
Resources Institute (WRI) Brasil. Isso coloca o Brasil entre os dez países que mais desperdiçam
alimentos no mundo. Além de causar impactos ambientais, o desperdício de alimentos também causa consequências econômicas.
Uma boa sugestão para evitar o desperdício – e deixar os pratos mais saudáveis - é utilizar, por exemplo, as cascas dos alimentos para o preparo de alguns pratos, sendo que a Tropa Sênior Tsunami reuniu-se no dia de hoje para executar a atividade proposta para o MUTECO 2017, ficando com a parte da Culinária (Cozinha Sustentável), preparando a receita do BOLO DE LARANJA, tendo os ingredientes sido doados pelos pais, e optou-se pela receita com a laranja por ser a fruta de época.

A chefe Silvana aproveitou a atividade para falar sobre o Desenvolvimento Sustentável, de sua importância e de como cada um pode contribuir de forma simples em atitudes gestos do dia dia, sendo que os Chefes Everton e Jefferson também contribuíram explanando sua opinião sobre tão importante tema.
Após, cada Guia/Sênior falou das ações que vem já trabalhando e desenvolvendo, tornando-se uma troca de conhecimentos e experiências, avaliando a importância dos pequenos atos do dia dia para contribuir  com  o Meio Ambiente, com a ação Sustentável.  


Segue a receitinha do delicioso Bolo de laranja com casca... quem se habilita??!!

Ingredientes da Massa:
1 laranja-pêra, cortada em 4 pedaços, com casca
e sem semente;
4 ovos inteiros;
1 xícara (chá) de óleo;
1 ½ xícara (chá) de açúcar branco;
½ xícara (chá) de açúcar mascavo;
2 xícaras (chá) de farinha de trigo;
1 colher (sopa) de fermento em pó. 

Cobertura:
Suco de 2 laranjas-pêra;
2 colheres (sopa) de açúcar de confeiteiro.
Modo de Preparo:
Leve ao liquidificador a laranja, os ovos, o óleo e os açúcares, e bata por cerca de 2 minutos. Derrame essa massa num outro recipiente e  adicione farinha. Misture até obter uma massa homogênea. Acrescente o fermento e mexa até mistura-lo bem com a massa. Coloque a massa do bolo numa forma untada e polvilhada com farinha de trigo. Leve ao forno médio, previamente aquecido, por aproximadamente 25 minutos, ou até que, perfurando com um palito, até que este esteja
seco. Num recipiente, misture bem o suco de laranja com o açúcar de confeiteiro. Assim que o bolo já estiver morno, derrame o suco de laranja sobre ele, espalhando por igual. Espere uns 15 minutos e sirva em seguida.








sábado, 17 de junho de 2017

LOBINHOS EXECUTAM O "JOGO DA RECICLAGEM" NO MUTECO 2017

 O 26º Mutirão Nacional Escoteiro de Ação Ecológica - MUTECO teve como tema o "ESCOTISMO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL".
A expressão “desenvolvimento sustentável” é, geralmente, definida como o desenvolvimento que atende às necessidades das gerações presentes sem comprometer a capacidade das gerações futuras de suprirem suas próprias necessidades. Mas, para isso precisamos formar uma juventude capaz de suprir suas próprias necessidades, sem comprometer as gerações que vão sucedê-las, e assim por diante, indefinidamente. 
Assim, diante dessa importante missão, o Ramo Lobinho do G.E. TUPÃ também participa ativamente na formação de suas crianças, para que cresçam com a consciência de que, desde pequenos, se cada um fizer sua parte em defesa da sustentabilidade ambiental, teremos um futuro melhor para todos.
Afinal, como nos ensinou B.P. "Deixe o mundo um pouco melhor do que o encontrou."

No Jogo da Reciclagem realizado no dia 17 de junho, foi espalhado todo tipo de lixo em um determinado local, sendo que, por matilhas, começando pelos primos, os lobinhos corriam até o local e pegavam um objeto, que deviam levar até a lixeira correta, voltando até a matilha, batiam na mão do seguinte, que deveria repetir a ação, e assim sucessivamente, até que todo o lixo estivesse recolhido e depositado nas lixeiras corretas.
Foi uma atividade muito produtiva e legal, pois uniu a diversão à consciência ecológica de cada criança.









sábado, 10 de junho de 2017

MUTECO - ATIVIDADE DA TROPA ESCOTEIRA

VOCÊ CONHECE A IMPORTÂNCIA DAS ABELHAS?
A polinização é o transporte de pólen de uma flor para a outra e é através dela que as flores são fecundadas, gerando frutos e sementes. Pode ser feita pela água, pelo vento e por muitos animais, como borboletas e beija-flores, mas o animal mais eficiente é a abelha. Alimentos como abobrinha, melancia e maracujá são produtos da polinização das abelhas. Esses e muitos outros vegetais não existiriam ou seriam muito diferentes sem a polinização feita por esses insetos. 
As berinjelas, por exemplo, seriam menores que maçãs. Sem as abelhas, não perderíamos só o mel, mas também a produção de animais para consumo, já que estes animais são herbívoros. A vegetação seria drasticamente reduzida e, assim, a vida em geral. O principal motivo para o desaparecimento das abelhas parece ser o uso indiscriminado de defensivos agrícolas. 

A Tropa Escoteira Xingú Cairé realizou no dia de hoje caminhada até a propriedade do apicultor Sr. Sirio Sthal, na linha Monte Maria, onde o mesmo explicou como se extrai o mel, o cuidado com as abelhas, equipamentos que usa, importância das abelhas e degustação do mel que ele produz. 
Após, mais uma caminhada até a propriedade da família de Cirineu Back, onde foi preparado o almoço e foram realizados jogos e apresentações de especialidades. 
Por fim, o retorno com caminhada até a sede, onde foi feito o encerramento.







sexta-feira, 26 de maio de 2017

G.E. TUPÃ É TEMA DE REPORTAGEM

O Projeto EducAção Escoteira, desenvolvido pelo grupo no último dia 20 de maio, foi tema de uma reportagem no Jornal Noticiário Regional desta semana, que divulgou a atividade, bem como seus objetivos.



sábado, 20 de maio de 2017

G.E. Tupã participa do Projeto Nacional EducAção Escoteira

No último sábado, 20 de maio, aconteceu a primeira edição do Projeto Nacional EducAção Escoteira. A ação aconteceu em todo o Brasil e teve como objetivo levar o Movimento Escoteiro para dentro do ambiente escolar, compartilhando nosso universo com centenas de crianças e jovens.
O G.E. Tupã desenvolveu a ação com as turmas do 5° ano do CIEF - Centro Integrado de Ensino Fundamental, sendo que todos que participaram se divertiram muito e puderam compartilhar com os jovens a experiência única de viver um pouco de um dia de atividade escoteira.